Cachorro pode comer melão? Saiba Mais

Cachorro pode comer melão? A resposta para essa pergunta é sim, mas alguns cuidados devem ser tomados ao dar esta fruta nutritiva ao seu cachorro. Veja!

O melão talvez não esteja entre as frutas mais famosas, mas é difícil encontrar alguém que não goste dele. Na forma de suco ou vitamina, por exemplo, o melão é uma excelente opção para refrescar o corpo e agradar ao paladar. Mas será que ele pode trazer esses benefícios para os cães? Ou será que os nossos amigos de quatro patas não podem comer melão?

A resposta é sim, cães podem comer melão. O melão, na verdade, é um alimento seguro e muito útil para a saúde canina. Se precisa de motivos para inserir essa fruta na dieta do seu pet ou quer saber qual a melhor forma de fazer isso, continue a ler este artigo.

Pode dar melão para cachorro?

Cachorro pode comer melão

Melões, assim como as melancias, possuem uma boa quantidade de água. Isso os torna uma alternativa muito interessante para hidratar os cães nos dias quentes ou secos. E, além de se refrescar, o seu pet também vai poder aproveitar o sabor único do melão, doce o bastante para agradar o paladar canino (cães adoram coisas doces), mas sem chegar a ser enjoativo.

Melões possuem, ainda, uma boa quantidade de fibras. Tanto as fibras quanto a água ajudam a corrigir o fluxo intestinal. Se o seu cão estiver sofrendo com prisão de ventre, inserir o melão na dieta pode resolver esse problema.

Mas os benefícios do melão não se resumem a isso. Ele também contém poderosos antioxidantes, como os bioflavonoides, que ajudam a preservar as células dos cães da ação de radicais livres, impedindo, assim, o surgimento de diversas doenças e retardando o envelhecimento. Melões também possuem poucas calorias, o que é excelente se você achar que o seu cão está tendo problemas com obesidade.

Além disso, o melão possui outros nutrientes essenciais para manter a saúde dos cães. Entre as vitaminas, destacam-se a vitamina A, essencial para visão, e as vitaminas do complexo B, que ajudam o sistema nervoso e o sistema cardiovascular. Já entre os minerais, podemos encontrar o ferro, o cálcio, o fósforo e o magnésio em boa quantidade no melão.

Melão para cachorro: quais são os riscos?

Como exposto anteriormente, é possível oferecer frutas, dentre elas o melão. Apesar disso, o consumo desse alimento pelos cães precisa ser moderado, não se pode dar melão ou outra fruta com tanta frequência. A presença de frutose em excesso pode prejudicar o organismo dos pets.

Além disso, animais que apresentam disfunções intestinais não devem comer melão, nem outras frutas. O médico veterinário deve ser consultado para estabelecer a dieta adequada.

Vantagens em oferecer frutas para cães

As frutas fazem bem para os seres humanos, mas isso não é tão diferente para os animais. Um dos principais benefícios que as frutas oferecem é a hidratação do organismo. O melão, por exemplo, possui uma quantidade alta de água. Assim, ele pode contribuir muito para a hidratação do seu parceiro canino.

Fora isso, de modo geral, as frutas contribuem para o fortalecimento do sistema imunológico. Pela quantidade de fibras, oferece propriedades regulatórias para o trato intestinal. Além disso, devorar uma fruta pode ser bem divertido para o bichinho. O ato pode ser utilizado como estímulo positivo durante as brincadeiras.

Conclusão

Sendo assim, desde que esses pequenos cuidados sejam tomados, o melão com certeza será uma excelente opção para variar a dieta do seu cão. Lembre-se, os cães, assim como todos nós, adoram uma novidade, ainda mais se ela for tão deliciosa e saudável como o melão.

Para ver mais conteúdos como esse acesse nosso blog

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.